quarta-feira, 23 de julho de 2014

COLABORE COM O BLOG DA DILMA

COLABORE COM O BLOG DA DILMA: Até agora só conseguimos arrecadar R$ 500,00 para adquirir a filmadora Canon EOS 5D Mark II, que custa por volta de R$ 9.000,00, instrumento fundamental para o trabalho dos editores do Blog da Dilma nas coberturas e reportagens. Estamos trabalhando com uma filmadora emprestada. Deposite qualquer valor. Se você alguma empresa, firma, loja, etc. podemos divulgar no Portal do Blog da Dilma, em forma de banner publicitário sua contribuição financeira.  Contribua:  Conta Bancária: 40547-7, Agência: 0675-0 - Banco do Brasil: 001, ou diretamente no PagSeguroUOL: https://pagseguro.uol.com.br/checkout/nc/nl/donation/sender-identification.jhtml?t=15a9b5f476b0a75aa75af59c503c3ef5#rmcl
Atenciosamente, Daniel Pearl Bezerra - editor geral - blogdadilma13@gmail.com

terça-feira, 22 de julho de 2014

Caminhada com Luizianne Lins do PT em Fortaleza

EM FORTALEZA/CE: Venha para a Caminhada com #Luizianne1313 em uma das mais belas conquistas de Fortaleza durante seu governo: o Hospital da Mulher. Será nesta terça, 22, a partir das 16h. Presença do companheiro e candidato a deputado estadual

domingo, 20 de julho de 2014

Adelia Prado, a nova "Regina Duarte"

Refletindo na tarde de domingo sobre alguns vídeos que foram postados na net e nas redes sociais, em particular, uma entrevista com a poeta Adelia Prado. Nada mais pode chocar tanto opinião e a expectativa de muitas pessoas. Inclusive a minha. Tenho aprendido muito. Nossa! Quando a poeta diz que há uma ditadura em curso no Brasil chega a ser deprimente o discurso fácil e apelativo ao qual ela se agarra. E diz que é uma ditadura por conta dos desmandos políticos e das manifestações e badernas que tem ocorrido. É bom lembrar que numa ditadura a primeira coisa que acontece é a censura e o controle em torno da comunicação. Depois fiquei pensando a onde a poeta estava no período da ditadura militar no Brasil. Silêncio! A poeta precisa compreender que uma ditadura não se justifica e nem pode ser confundida com desmandos ou excesso de manifestação por parte da população. Que a ditadura corrompe e mata as pessoas e o seu nível de corrupção é vergonhoso. Continuei refletindo sobre a cultura política no Brasil. É impressionante que os dois eixos de maior apego ao modelo político da alcova das elites brasileira, é justamente o berço nascedouro da poeta, Minas Gerais e o outro São Paulo. Os dois estados que concentraram durante o período de 1894 a 1930 a República Oligárquica com presidente civis fortemente influenciados pelo setor agrário dos estados de São Paulo e Minas Gerais. A política do café com leite. São Paulo produtor de café e Minas Gerais produtor de leite e as outras regiões não existiam. O mapa da fome só foi levado a cabo recentemente, a partir do primeiro governo do Lula e que a Dilma tem dado continuidade. Posso assegurar para a poeta mineira que os cearenses e nordestinos em geral não se intimidam com as manifestações, até porque a luta dos movimentos sociais tem seu nascedouro na inquietação e desespero de muitos que lutam por dignidade e políticas públicas e cidadania. E a outra coisa é lembrar a poeta mineira que todos sabemos onde a presidente Dilma estava durante a ditadura no Brasil. Lutava contra o sistema e as sua injustiças e foi alvo da insanidade dos torturadores pagos e orientados para violentar e sacrificar qualquer um que se colocasse contra o regime. Até mulheres grávidas. É ridículo que hoje uma poeta compare a situação política do Brasil com uma ditadura. E fico pensando a onde andava Adelia Prado quando as nossas mulheres eram assassinadas nos porões da ditadura? Onde? A história é a nossa maior confidente e sempre nos revela. Salve a democracia!
Íris Tavares - PT Ceará
https://www.facebook.com/iris.tavares.96

Adélia Prado expressa sua tristeza com o efeito do PT
https://www.youtube.com/watch?v=_OTR_RDwNpM

Minas fez aeroporto em fazenda de tio de Aécio

Jornal de Otavio Frias acusa o presidenciável tucano Aécio Neves de ter construído aeroporto de quase R$ 14 milhões com verba pública dentro de uma fazenda se seu tio, no fim do seu segundo mandato como governador de Minas Gerais; construído no município de Cláudio, a 150 km de Belo Horizonte, o terminal ficou pronto em outubro de 2010 e é administrado por Múcio Guimarães Tolentino, segundo a publicação; Aécio nega irregularidades e diz que obra atendeu a critérios técnicos.
247 – A “Folha de S. Paulo” disparou seu primeiro petardo contra o presidenciável tucano Aécio Neves. Na manchete da edição deste domingo, o jornal de Otavio Frias acusa Aécio, então governador de Minas Gerais, de ter construído com verba pública aeroporto de quase R$ 14 milhões em terras de seus parentes, em seu segundo mandato.
Construído no município de Cláudio, a 150 km de Belo Horizonte, o empreendimento ficou pronto em outubro de 2010 e seria administrado por Múcio Guimarães Tolentino, tio-avô do senador e ex-prefeito de Cláudio.
De acordo com a publicação, para pousar no local, é preciso pedir autorização aos filhos de Múcio. Segundo um dos filhos de Múcio, Fernando Tolentino, seu primo Aécio Neves usa o aeroporto "seis ou sete vezes" por ano, em visita a cidade ou a Fazenda da Mata, a 6 km do aeroporto. Aécio nega irregularidades e diz que obra atendeu a critérios técnicos (leia aqui).

Ceará: Salitre em festa com a chegada de Camilo do PT

PT Ceará: População nas ruas, uma grande carreata, buzinaço, muita alegria e festa popular. Foi assim que mais de duas mil pessoas recepcionaram, em Salitre, os candidatos a governador, Camillo Santana, a vice-governadora, Izolda Cela, e a senador, Mauro Filho, pela coligação “Para o Ceará seguir mudando”. Carros, motos e muita gente acompanhando a pé mostravam que valia qualquer esforço para estar perto dos candidatos.
Emocionado com a acolhida, Camilo assumiu compromissos com a população, garantindo a implantação de uma política efetiva para solucionar de maneira permanente a distribuição de água na cidade, assim como a criação de uma escola profissionalizante e a continuidade do Programa de Alfabetização na Idade Certa (Paic), no Estado. “Nunca vou esquecer a forma e o carinho com que fui recebido. Podem estar certos que vou saber retribuir”, afirmou.
O município da Região do Cariri, localizado a 450 km de Fortaleza, confirma o que já vinha acontecendo noutras cidades por onde os candidatos da coligação vêm passando: o rumo que desejam para o Ceará nos próximos anos. Alinhados no projeto de manter o Ceará no caminho do crescimento, Camillo, Izolda e Mauro apresentaram seus projetos para a população local.
“Eu nunca votei. É a primeira vez. Então, espero começar com o pé direito. Por isso vou votar em Camilo Santana”. Com essas palavras, Eduarda Alencar, 16, confirmou o apoio aos candidatos da coligação “Para o Ceará seguir mudando”. “Espero que haja ainda mais avanços na saúde, educação e segurança”, concluiu a nova eleitora.
Projeto
Ao lado de seus companheiros, Camillo falou sobre o projeto que envolve a escolha da chapa. ”Fomos escolhidos candidatos para dar continuidade a um projeto que há 12 anos vem transformando o Brasil e há oito anos vem transformando o Ceará. São obras de infraestrutura, habitação, educação, abastecimento de água, dentre tantas outras que vão ser continuadas”, comentou Camillo, lembrando seu trabalho na busca de melhoria da qualidade de vida da população, quando esteve à frente das pastas de Desenvolvimento Agrário e das Cidades.
Segundo Mauro Filho, tem sido estimulante a forma como as pessoas têm recebido os candidatos. “Nós três somos concursados e professores. Além disso, temos o histórico de secretários do governo Cid. Isso nos coloca à frente, por conhecermos profundamente a realidade do Ceará”, afirmou. Izolda Cela também agradeceu a população de Salitre. “A luta é muito grande. E eu tenho a maior fé nesse grupo e no que podemos trazer de bom para o Ceará. Nós temos esse compromisso”, afirmou.
Fonte: Coordenadoria de Comunicação Coligação "Para o Ceará seguir mudando".

Sensus aponta melhora na avaliação do governo

A pesquisa Istoé/Sensus mostra a mesma realidade instável já revelada pelo Datafolha.
Está tudo na mesma no primeiro turno. Dilma se mantém firme na primeira colocação. Aécio e Campos emagreceram.
Os votos espontâneos mostram uma queda de 1,5 ponto de Dilma; seus adversários, porém, perderam mais; Aécio caiu 3,1 pontos; Campos perdeu dois.
No segundo turno, o cenário se comprime, em empate com Aécio, e quase empate com Campos.
Uma boa notícia trazida pelo Sensus é que a rejeição ao governo arrefeceu. Caiu de 35% para 28% o percentual de percepção negativa da administração federal.
Cada vez mais fica evidente que Dilma parece estar disputando contra si mesma, contra uma suposta má imagem construída pela mídia, pelo governo e pela própria.
Ela tem 32% de votos e 40% de rejeição pessoal.
Se conseguir desmanchar parte da rejeição do eleitorado a sua pessoa, que realmente está muito alta, sua vitória estará garantida.
Dilma precisa ser “humanizada”. Tem de se livrar do protocolo e do marketing e andar um pouco mais de moto por aí…
Autor: Miguel do Rosário - Tijolaço.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Brics: nova fase nas relações mundiais

Do blog de Zé Dirceu:
Criar um banco de financiamento da infraestrutura e um arranjo institucional para evitar estrangulamentos nos balanços de pagamento tem inegável importância histórica. Este é o sentido maior das duas decisões tomadas pelos chefes de Estado e de Governo, reunidos durante dois dias na Cúpula do BRICS, realizada nesta 2ª e 3ª feira em Fortaleza.
Com a criação das duas instituições, os BRICS ganharam a densidade política que ainda não tinham adquirido na história anterior do bloco. Daí a importância das duas decisões. Consolida-se, assim, a aliança estratégica entre os cinco maiores países e economias emergentes, nações e povos, encerrando o ciclo histórico dominado pelo unilateralismo norte americano. E se abre-se o caminho para uma nova fase nas relações internacionais, inclusive com as reformas necessárias e urgentes em instituições multilaterais como o FMI e o Banco Mundial e a própria ONU.
Para além da aliança política e estatal entre os cinco países as decisões de Fortaleza avançam numa nova estratégia de desenvolvimento econômico e de relações internacionais. Uma grande vitória da diplomacia e da política externa brasileira e dos governos Lula e Dilma.
Decisões foram resposta à demora na reforma do FMI e do Banco Mundial

terça-feira, 15 de julho de 2014

Brics ganha densidade e afirma seu papel no cenário internacional, afirma presidenta

Em discurso nesta terça-feira (15), durante Sessão Plenária da VI Cúpula dos Brics, em Fortaleza, a presidenta Dilma Rousseff anunciou a criação de um banco e o estabelecimento de um arranjo contingente de reservas, segundo ela, dois importantes passos para o aperfeiçoamento da arquitetura financeira global.
A primeira direção do Conselho de Ministros do Banco dos Brics será da Rússia; a primeira direção do Conselho de Administração será do Brasil; o primeiro presidente do Banco será da Índia; o primeiro escritório regional será na África do Sul; e a sede do Banco será localizada em Xangai. O banco terá capital autorizado de U$ 100 bilhões, mesmo valor que o fundo de reserva.
“O Banco representa uma alternativa para as necessidades de financiamento de infraestrutura nos países em desenvolvimento, compensando a insuficiência de crédito das principais instituições financeiras internacionais. (…) Com esse acordo, contribuiremos também para o fortalecimento da estabilidade financeira global, ao complementar os mecanismos financeiros existentes, liberando o Fundo Monetário Internacional para acudir às economias vulneráveis”, explicou a presidenta.
Dilma ressaltou o papel dos Brics nesse novo arranjo da economia global.
“Vivemos também tempos de grandes oportunidades, com o acelerado avanço de novas tecnologias, a multiplicação do comércio e as possibilidades de reorganização do sistema internacional em termos mais democráticos e equitativos. Em tal conjuntura, nossos países têm a obrigação de se manifestar, de se fazer escutar, de atuar. (…) Fomos responsáveis pela mitigação dos efeitos da crise financeira global, e pelo sustentado crescimento da economia mundial desde então.”

Luizianne tem encontro com presidente nacional do PT

A ex-prefeita e candidata à deputada federal pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Luizianne Lins, teve reunião nesta terça-feira (15) com o presidente nacional do partido, Rui Falcão. O encontro aconteceu na sede do comitê da presidenta e candidata à reeleição Dilma Rousseff, em Brasília.
O presidente reiterou, na reunião, que a eleição de Luizianne para a Câmara dos Deputados é prioridade do PT e que, como dirigente do partido, ele participará de uma de suas atividades de campanha. Para o PT, é importante que Luizianne reforce a bancada do partido em Brasília.
Já a candidata reafirmou para Rui Falcão que a reeleição de Dilma é prioridade. Como ex-prefeita e liderança política no Estado, Luizianne estabelecerá uma agenda de campanha de Dilma e se empenhará na vitória da presidenta.
Assessoria de Imprensa
Kerla Alencar | 9925.6196 | 8766.2490
jornalista

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Brasil e Rússia buscam ampliar parcerias, investimentos e acordos comerciais

O encontro oficial entre a presidenta Dilma Rousseff e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, na manhã desta segunda-feira (14), ampliou o volume de comércio e investimentos entre os dois países para até US$ 10 bilhões, além de garantir parcerias que vão além dos acordos comerciais, alcançando áreas estratégicas como defesa, energia, infraestrutura e ciência e tecnologia. Desde a primeira visita do presidente Putin ao Brasil, em 2004, o comércio entre os dois países mais que dobrou.
Em pronunciamento após a reunião, Dilma Rousseff destacou que transmitiu ao presidente da Rússia as inúmeras oportunidades que se abrem em energia e infraestrutura, áreas nas quais as empresas russas poderão aumentar sua presença no Brasil, especialmente em concessões de exploração de petróleo, portos e ferrovias.
A presidenta informou ainda que o governo dará continuidade às negociações para aquisição, pelo País, de unidades do sistema de defesa antiaérea. “Buscamos, com a Rússia, uma relação de longo prazo e de benefícios mútuos, seja pela formação de recursos humanos, seja pelo estabelecimento de parcerias industriais e de associação na área de tecnologia”, relata.
Além das tratativas para o desenvolvimento na área de defesa antiaérea, foram firmados acordos em diversos setores: serviços aéreos; troca bilateral de dados estatísticos; estudo de opções para monetização de gás no Projeto Solimões; estabelecimento, na Universidade Federal de Santa Maria (RS) e no Instituto Tecnológico de Pernambuco, do Sistema Glonass para navegação por satélite; e cooperação na produção de vacinas.
Relações bilaterais
Em 2013, a corrente de comércio entre os dois países chegou a cerca de US$ 5,6 bilhões, segundo dados do Ministério da Indústria, Desenvolvimento e Comércio Exterior (MDIC). Só no 1º semestre deste ano, a Rússia foi o 15º país que mais importou produtos brasileiros.
A relação bilateral comercial entre Brasil e Rússia abrange, do lado brasileiro, exportações de açúcar e carne – este último item é muito importante para o Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Do lado Russo, são exportados fertilizantes e insumos.
Política externa
O Programa de Governo para o segundo mandato da presidenta Dilma Rousseff valoriza o estreitamento das relações do Brasil com os países que compõem o BRICS, bem como enfatiza as parcerias com as nações da América Latina e Caribe, África e Ásia. Também será de grande relevância o relacionamento com os Estados Unidos, por sua importância econômica, política científica e tecnológica. Critério semelhante é válido para nossas relações com a União Europeia e com o Japão.
“A política externa tem sido e continuará sendo mais do que um instrumento de projeção do Brasil no mundo. Trata-se de um elemento fundamental de nosso projeto de nação”, registra o Programa de Governo. Autor: Equipe Dilma Rousseff
Acesse e divulgue o BLOG DA DILMA: https://www.facebook.com/BlogDilmaRousseff

Fortes emoções agora só na corrida eleitoral

Por Ricardo Kotscho - blog Balaio do Kotscho:
A) Aperfeiçoar os programas ProUni, Ciência sem Fronteiras, Mais Médicos e Minha Casa, Minha Vida. (........)
B) Solidez econômica, amplitude das políticas sociais e competividade produtiva. (........)
C) Políticas de desenvolvimento sustentável e independência formal do Banco Central. (........)
Estas são algumas das principais propostas dos programas de governo apresentados pelos três candidatos competitivos na corrida presidencial, que estão dando a largada nesta primeira segunda-feira do pós-Copa. Escreva ao lado de cada uma o nome do candidato que você pensa ser o autor da proposta e depois veja se você acertou.
A alternativa "A" pertence a Aécio Neves, embora pareça mais ser de Dilma. A "B" é de Dilma Rousseff e a "C" foi apresentada por Eduardo Campos, mas poderia também ser de qualquer dos outros dois. Afinal, ninguém é contra a energia elétrica e a água encanada, mesmo sabendo que ambas podem faltar, se os reservatórios continuarem secando, mas nenhum deles apresentou solução para este problema vital que vem afligindo os brasileiros nos últimos meses.
A lista dos temas para o debate eleitoral foi apresentada na matéria "Presidenciáveis não dizem como vão bancar propostas _ Planos de governo têm `reciclagem´de medidas bem-sucedidas e pouca inovação", de Fernando Canzian, publicada hoje na "Folha".
Não fique aborrecido se você errou todas as alternativas. Eu também teria dificuldades em acertar, já que as propostas dos programas de governo de Dilma, Aécio e Eduardo repetem as mesmas platitudes de campanhas passadas, sem apresentar qualquer novidade capaz de diferenciar um do outro.
É isso que nos espera após os 32 dias de Copa no Brasil em que vivemos fortes emoções e sentimentos contraditórios, alternando alegrias e tristezas, do sonho do hexa ao vexame dos 7 a 1, no campeonato eleitoral que agora começa para valer e vai decidir os destinos do país nos próximos quatro anos.

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Vídeo: Mino Carta fala sobre o uso político da Copa

Aécio e Ronaldo, oportunistas da Copa!

Por Altamiro Borges - Blog do Miro:
A goleada para a Alemanha e o fim do sonho do hexa no Brasil despertou os piores instintos nos oportunistas de plantão. De imediato, nas redes sociais, os mesmos que apostaram no fiasco da Copa – e foram derrotados no seu complexo de vira-latas – partiram para a vingança e debitaram a triste derrota da seleção na conta do governo. Sobraram xingamentos para Dilma! Entre estes oportunistas, porém, dois se destacaram: Aécio Neves, o cambaleante presidenciável do PSDB, e o ex-jogador Ronaldo, que fez fortuna com os preparativos do evento e depois virou cabo eleitoral do tucano. Ambos tentaram se aproveitar do clima de frustração dos torcedores para ensaiar um discurso político de “mudança”.
Segundo a revista CartaCapital, ainda na fatídica terça-feira, o senador mineiro postou na sua conta no Twitter: “Derrota vexatória. Está na hora de repensar não só a seleção brasileira como o Brasil”. Na tragédia, ele tentou se apresentar como salvador, o homem das mudanças. Num curto espaço de tempo, o cambaleante tucano mudou de posição três vezes. Antes do início dos jogos, ele apostou na desorganização e no caos. Questionou os atrasos nas obras, criticou os gastos “exagerados” e culpou o governo pelo “inevitável” fracasso da Copa. Depois, com o sucesso do evento, ele alterou o seu discurso na maior caradura, como registrou a própria Folha tucana em 7 de julho:*****
Mudança de humor
O presidenciável Aécio Neves decidiu adotar um tom mais cauteloso sobre a Copa para não ficar na contramão do noticiário predominantemente positivo do evento. Pesquisas internas mostraram que a organização do torneio é bem avaliada e está ajudando Dilma Rousseff a se recuperar na eleição. A um mês da Copa, Aécio criticava atrasos em obras de infraestrutura. Ontem, no primeiro dia oficial de campanha, mudou o tom e disse que o governo tenta se ‘apropriar’ do evento.

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Vídeo: Dilma dá boas vindas na estreia do site da campanha


Luizianne caminha com militantes e apoiadores no Vila do Mar

A candidata à deputada federal pelo PT/CE, Luizianne Lins, realizou neste domingo (6) seu primeiro ato de campanha para deputada federal no Ceará. Na Caminhada Vermelha com Luizianne, a ex-prefeita reuniu militantes e apoiadores de sua candidatura, acompanhada dos candidatos a deputado estadual petistas Antonio Carlos e Elmano de Freitas.
Cantando  “Fortaleza não esquece o que Luizianne fez por ela”, o grupo seguiu pela orla do Vila do Mar, projeto habitacional e urbanístico realizado no governo de Luizianne como prefeita de Fortaleza. Durante a caminhada, Luizianne conversou com moradores e ouviu queixas de que a atual gestão da Prefeitura de Fortaleza não deu continuidade às obras do Vila do Mar. Eloíde Duarte, moradora do local há mais de 20 anos e uma das beneficiadas com o projeto, reclamou que o prefeito Roberto Claudio interrompeu a obra do Memorial dos Pescadores. Já faz quase dois anos que ninguém da prefeitura aparece aqui. A obra está completamente abandonada”, denunciou.
Ao final da caminhada, Luizianne conversou com a militância sobre sua candidatura. “Como deputada federal, quero lutar pra que essa cidade tenha voz no Congresso, denunciando o que estão fazendo de ruim com ela. Tenho certeza que hoje saímos daqui com um marco vitorioso da nossa campanha. Vamos dar continuidade ao projeto que começou com Lula para, com Dilma, a gente avançar ainda mais”, encerrou.
Kerla Alencar | 9925.6196 | 8766.2490
jornalista - kerla.alencar@gmail.com

domingo, 6 de julho de 2014

Cid Gomes humilha voluntário da copa

Excelentíssimo Senhor Governador Cid Gomes,
Esse Voluntário da foto que recebeu tapas no pescoço e foi chamado de abestado por não permitir que o senhor aparentemente embriagado e estando sem credencial, quebrando todos os protocolos por está naquele setor, sem autorização da FIFA, COL e CBF para entrar no vestiário da seleção Brasileira levando sua bola para que fosse autografada pelos jogadores, esse "Zé ninguém" que estava só fazendo o seu papel de forma correta, acabou ganhando não só uma foto e uma camisa autografada de um grande jogador que saiu no meio de uma entrevista para tirar o Senhor Governador de perto de mim, mas o respeito e palavras de agradecimento de toda a delegação da seleção Brasileira, stewards, repórteres, policiais federais, funcionários da FIFA, companheiros coordenadores do COL e Voluntários que estão ali para fazer seu papel de forma correta e levar nossa cidade Fortaleza para ser a melhor sede da Copa do Mundo 2014.
Sua atitude mostrou que meu voto foi para a pessoa errada e que infelizmente não ajudei a eleger a pessoa certa para acabar com a desigualdade, criminalidade, sofrimento para quem precisa de atendimento médico e melhorar a educação desse povo que tanto é enganado por falta de conhecimento, porém na vida nada vem por acaso excelentíssimo Governador Cid Gomes, e o que plantei com competência por um trabalho bem feito já está rendendo ótimos frutos.
Atenciosamente,
Anderson Feitoza
FPerfil no Facebook: https://www.facebook.com/andersoncfeitoza