CUT não irá à rua Dia 13 de março

Central Única dos Trabalhadores (CUT), presidida por Vagner Freitas, orientou suas centrais estaduais a não fazerem manifestações neste domingo, 13, data em que estão previstos atos dos grupos pró-impeachment; objetivo é evitar confrontos entre os grupos que defendem o golpe e partidários do ex-presidente Lula, da presidente Dilma Rousseff e do PT; no Rio de Janeiro, sindicalistas avaliam fazer nova manifestação contra a Globo em frente à sede da emissora. http://goo.gl/HTWpc5

Comentários