Adail almoçou com Dilma e garantiu apoio horas antes de voto pró-impeachment

Poucas horas antes de votar pelo impeachment de Dilma Rousseff, Adail Carneiro (PP-CE) almoçou com a presidente e garantiu a ela apoio na votação deste domingo. Segundo interlocutores que acompanharam o processo de negociação final com a petista, mudança no voto de Adail foi comunicada “de última hora”, poucos minutos antes de o deputado ir ao microfone da Câmara.
Até a última sexta-feira secretário especial do governo Camilo Santana (PT), Adail deixou o governo para votar contra o impeachment da presidente. O deputado inclusive saiu ao lado de Dilma em foto divulgada na sexta pelo Governo do Ceará. No domingo, o deputado teria saído do Palácio da Alvorada com compromisso de voto pró-Dilma, o que não acabou ocorrendo.
Na hora do voto, Adail chegou a pedir desculpas ao ex-presidente Lula (PT) e ao ex-governador Cid Gomes (PDT), mas acabou dando voto pró-impeachment. O voto foi comunicado minutos antes para assessores do governo do Estado e foi um dos que causou maior surpresa na própria presidente Dilma. Fonte: O Povo.

Comentários