Chico Buarque comparece ao Ato do Rio contra o Golpe

A presença mais aclamada pela multidão foi a do músico Chico Buarque, que defendeu a luta pela democracia independente do partido ou candidato que tenha votado, e fez um agradecimento: Estou aqui para agradecer a vocês que me animam a dizer que não, de novo não. Não vai ter golpe. #NãoVaiTerGolpe

Comentários

Anônimo disse…
FIASCO: Mortadelaço de 31 de março junta míseros 159.000 "manifestantes," contra 3.600.000 Patriotas de 13 de março, segundo as PMs.
É menos do que 5% do nosso número.
O PT morreu. Só falta enterrar.