Uma aberração o relatório Cunha-Jovair Arantes!

Estou ouvindo a leitura do relatório de autoria dos deputados Jovair Cunha e Eduardo Arantes ou melhor, dos deputados Jovair Arantes e Eduardo Cunha, o relatório Cunha-Arantes. Trata-se de um manancial de ilegalidades e no pedido acusa a Dilma de praticas que não são consideradas crimes. Pede o impeachment da Dilma por 5 decretos que tinham por objeto, entre outras finalidades, destinar recursos para as universidades federais - que têm recursos vinculados - e para atender pedidos da Justiça do Trabalho e da Polícia Federal. Pede também o impedimento da presidenta por destinar recursos ao Plano Safra, para financiar o plantio de produtos agrícolas por parte da agricultura familiar.
Tudo feito rigorosamente dentro da lei!
Assim funcionam os tribunais de exceção: julgam os inimigos políticos e os condenam sem base legal.
Eduardo Cunha é réu pelo STF pela prática de graves crimes. Jovair Arantes é o seu candidato à sua sucessão na presidência da Câmara dos Deputados. Ambos atentam contra o País oferecendo essa peça criminosa.
Por Paulo Teixeira - Deputado Federal - PT-SP.

Comentários