Cristovam Buarque é hostilizado na livraria Cultura do Iguatemi/Brasília

Comentários

Anônimo disse…
Acabô pt!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK