Luiz Couto cita Rose de Freitas e Michel Temer para comprovar golpe contra Dilma Rousseff

Em pronunciamento feito na terça-feira, 28, na Câmara dos Deputados, Luiz Couto (PT-PB) citou duas declarações recentes de políticos beneficiados com a saída
do cargo da presidente da República Dilma Rousseff (PT) para exemplificar que o golpe reclamado pelos setores de esquerda já não é mais mistério algum e está
ostensivamente exibido até mesmo em atos falhos das alas conservadoras da política nacional. 
"Dias atrás, a senadora Rose de Freitas, Líder do governo golpista no Congresso, declarou que não houve pedaladas fiscais e que o motivo do impeachment é outro. O próprio interino e golpista Michel Temer já havia admitido à imprensa internacional, que tirou o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) da presidente afastada Dilma Rousseff para impedir que ela denunciasse o golpe pelo país. Para bom entendedor, meia palavra basta. 
Aliás, as ligações grampeadas pela Polícia Federal, a pedido do Supremo Tribunal Federal, demostraram todos os indícios do golpe parlamentar. Escreveram uma história de vento e acharam que não a descobririam"
Oparlamentar acrescentou que a imprensa internacional admitiu em todos os veículos de comunicação que a presidente Dilma Rousseff, legitimamente eleita pelo povo, foi retirada do poder por um golpe e para estancar operações policiais contra a corrupção. 

"Enquantoo próprio PMDB e seus partidos aliados deslizam em uma história obscura degolpes e corrupção, o nosso país sofre com seus projetos retrógrados e
antipopulares. 
Mas eles podem mudar isso, fazendo um favor para o país que é devolver o que tomaram à força e através da ilegalidade e renunciarem de seus cargos políticos, para que os brasileiros voltem a respirar a esperança do crescimento e de políticas públicas concretas. Para que este sentimento seja contemplado e despertado, o povo precisa tomar as ruas novamente, até o dia da votação final no Senado. 
Não devemos aceitar este golpe sujo, contra cadabrasileiro que votou na certeza de um projeto popular como da nossa PresidentaDilma. Vamos às ruas e à luta para reivindicar o que nos é de direito, ocomando da Presidência da República", conclamou Couto. 
Ascom do Dep. Luiz Couto

Comentários