Michel Temer não é confiável para 68% dos brasileiros, aponta Ibope

Índice de aprovação do governo é de apenas 14%, mais da metade dos entrevistados (55%) desaprovam a "maneira de governar" do presidente 43% consideram as notícias dos últimos meses desfavoráveis
por Redação RBA
A popularidade do presidente Michel Temer continua abaixo da crítica. Segundo pesquisa encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada pelo Ibope hoje (4), o índice de aprovação de seu governo (ótimo/bom) é de apenas 14%, contra 39% de ruim/péssimo, enquanto 34% o consideram regular. Os números são praticamente os mesmos dos apurados em 1º de julho, quando ele era aprovado por 13% dos entrevistados, 39% desaprovavam e 36% consideravam a gestão regular.
Mais de dois terços das pessoas entrevistadas (68%) disseram não confiar em Temer. Cerca de um quarto, ou 26%, confiam, e 6% não souberam ou não quiseram responder.
O estudo divulgado hoje é o primeiro desde Temer ter assumido a presidência definitivamente, com o impeachment de Dilma Rousseff (PT), aprovado no Senado em 31 de agosto.
De acordo com a pesquisa, mais da metade dos entrevistados (55%) desaprovam a "maneira de governar" de Temer. Os que aprovam são 28% e não souberam ou não responderam, 17%. Em 1º de julho, 31% aprovavam, 53% desaprovavam e 16% não responderam.
O levantamento quis saber como os cidadãos avaliam o noticiário sobre as ações do governo Temer. De acordo com as respostas, 43% consideram as notícias dos últimos meses "mais desfavoráveis", enquanto para 18% elas são "mais favoráveis" e, na opinião de 26%, "nem favoráveis, nem desfavoráveis".
Na comparação entre os governos Dilma e Temer, a vantagem fica com a ex-presidenta: 31% responderam que o governo Temer é pior, contra 24% que o avaliam como melhor e 38% disseram que ambos são iguais.
Para 24%, o resto do governo Temer será "ótimo/bom", e 38% acreditam que será "ruim/péssimo", enquanto 30% responderam "regular".

Comentários

Ellys Von Sephuder disse…
Enquanto o circo pega fogo na Bahia, onde está em curso operação da Polícia Federal, os sites dos maiores veículos de mídia brasileiros continuam dando apenas pequenas matérias que neste horário já estão no rodapé dos sites.

Tentam, de todas as formas, sonegar informações relevantes justamente porque envolvem Lula e seus sequazes que continuam sendo vergonhosamente protegidos pela bandalha esquerdista das redações.

Tanto é que destacam uma pesquisa do Ibope, bancada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) afirmando que apenas 14% apoia o governo de Michel Temer. O resultado do pleito municipal que jogou a pá de cal sobre o cadáver do PT não bate nem a pau com esses números, até porque o PMDB, que é o partido de Temer, teve uma vitória expressiva. Vale lembrar também que o PSDB, que apoia o governo de Temer e integra o Ministério, também teve uma enorme vitória no pleito municipal, a começar por São Paulo, onde fez barba e bigode com a vitória de Dória Jr. no primeiro turno e de lavada.

Ora bolas! VTNC