Ato contra o pacote de maldade de Sartori

Manifestantes contra o pacote de cortes do governador José Ivo Sartori (PMDB), que promete privatizar instituições e enxugar diversas secretarias da máquina pública, concentram-se em frente ao Palácio Piratini em Porto Alegre. O pacote ainda prevê a demissão de cerca de 1,2 mil servidores. O governo, que já demonstra grande desrespeito com parcelamentos de salários, coloca a responsabilidade de uma má gestão nas costas do trabalhador. Fotos: Thales Ferreira / Mídia NINJA. #ForaTemer #Golpistas




Comentários

Anônimo disse…
O recado das urnas em 2016 foi claro. As pessoas votaram principalmente contra o PT, PCdoB, Psol e Rede não apenas porque esses partidos amam as suas bandeiras vermelhas acima da própria bandeira do Brasil ou porque tentaram transformar o nosso país em uma Venezuela. A população deu um voto contra a irresponsabilidade, a corrupção, a gastança desenfreada do dinheiro do contribuinte, contra a má gestão, o fisiologismo explícito, a distribuição de verbas para companheiros, a pedalada, o uso da máquina pública a favor de seu grupo etc. Quando milhões de brasileiros foram às ruas pedindo o impeachment de Dilma Rousseff, não queriam que fossem mudadas apenas as pessoas, mas, principalmente, as práticas de governança. O grito das ruas é o mesmo das urnas: tem que mudar as práticas, ou milhares voltarão a protestar.