Globo resolve cortar entrevistado que disse “Fora Temer” em reportagem

A direção da Globo em Presidente Prudente decidiu cortar um entrevistado de uma matéria exibida ao vivo. Na reportagem, um urbanista que estava sendo ouvido pela reportagem disse “Fora Temer”, citou “golpe” e ainda pregou apoio às escolas ocupadas por estudantes, segundo informações de Ricardo Feltrin.
Durante o “SPTV Presidente Prudente”, em uma reportagem que tratava de valetas profundas nas ruas da cidade, o repórter David de Tarso foi ouvir a opinião de Rogério Quintanilha, que aproveitou para protestar com criatividade.
“Qual o modelo ideal de valetas? Boa tarde…”, perguntou o jornalista. “Boa tarde. Primeiramente, fora Temer! As valetas devem ser macias. Pois, fundas, fazem o carro sofrer duro golpe”, disse o entrevistado, enfatizando nesta última palavra.
“E qual o modelo ideal?”, tentou o repórter. “Um modelo em que os carros possam passar. Do jeito que está elas impedem a entrada de alunos nas escolas ocupadas, as quais apoiamos”, continuou o arquiteto.
O repórter então rapidamente passou o link para o estúdio, e os dois âncoras, Carla Moreno e Murilo Zara, também pareciam surpresos. Na versão que está no ar na internet, Quintanilha foi retirado da edição. Fonte: TV Foco.

Comentários