A imprensa nacional desconhece o nome democracia

A imprensa nacional desconhece o nome democracia e o seu propósito. Ouço rádio jornalismo diariamente e os ataques a Dilma, ao Lula (Personalidade política que está fora do cenário político há seis anos, saiu da presidência em 2010), os ataques a sua família são diários, o Judiciário se tornou um partido político, praticam o Lawfare, não honram a justiça na sua condição neutra de julgar, com imparcialidade. Mesmo sem provas.
Em doze depoimentos na Operação Lava Jato o Lula foi inocentado doze vezes. A justiça e a imprensa nacional caíram em descrédito total, mas existem brasileiros que acreditam e absorvem sem analisar e questionar os fatos, se deixam levar pela emoção e o sentimento de ódio também sem fundamento pelo PT.
Nós que defendemos o Lula e o seu projeto de governo, principalmente na política externa, queremos que TODOS os políticos corruptos vá para a cadeia, somos a favor da justiça imparcial e não partidária que defende diversos partidos que estão com muitos políticos envolvidos em crimes. A palavra democracia é questionável quando ocorre a manipulação, a lavagem cerebral, as mensagens subliminares, a desconstrução de nomes dá nossa política. A Globo fez isso com o Brizola e interferiu nos resultados das eleições para governador e presidente. A grande imprensa nacional tem um lado e é a Direita. O curioso é que no Brasil não existem mais partidos políticos fiéis as suas raízes e as suas bandeiras. Através de análise de comportamento entendemos se o político é de Esquerda, Centro ou Direita. Virou uma descaracterização total em vários partidos que na teoria é uma coisa, na prática é outra.
Aqui nós temos que estudar muito e entender muito de política por causa das perversidades que vários setores dos três poderes, da igreja, da Direita republiqueta de bananas e da grande imprensa nacional praticam contra a população mais carentes, aquele povo que sofrem mais com as atitudes erradas dos governantes. Esse povo são os alvos dos manipuladores de opiniões, porque são maioria e votam e decidem eleições.
Por Moisés de Oliveira.

Comentários