Dilma exalta força e importante papel político de Dona Marisa

Presidenta eleita lamentou morte cerebral da ex-primeira dama. “Uma mulher de fibra, batalhadora que conquistou espaço e teve importante papel político”
A presidenta eleita Dilma Rousseff publicou nota, nesta quinta-feira (2), lamentando a morte cerebral da ex-primeira dama Marisa Letícia Lula da Silva.
Dilma afirmou que conhecia e admirava Dona Marisa, como era chamada, e lembrou as perseguições e injustiças que ela e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram vítimas nos últimos meses.
“Imagino que a dor de Lula agora é insuportável. Mas tenho certeza que ele saberá superar este momento difícil, recebendo de todos nós, seus companheiros e admiradores, e do povo brasileiro, muitas preces e orações, repletas de carinho e solidariedade”, escreveu.
Parlamentares e personalidades também prestaram homenagens à ex-primeira dama do Brasil. Dona Marisa sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no dia 24 de janeiro.
Leia a nota na íntegra:
“Hoje é um dia triste para todos nós, que conhecemos e admiramos Dona Marisa Letícia. Sabemos do amor e da força que sempre emprestou ao presidente Lula. Uma mulher de fibra, batalhadora que conquistou espaço e teve importante papel político.
Dona Marisa foi o esteio de sua família, a base para que Lula pudesse se dedicar de corpo e alma à luta pela construção de um outro Brasil, mais justo, mais solidário e menos desigual, desde as primeiras reuniões sindicais na Vila Euclides, passando pela fundação do PT e da CUT, até a chegada à Presidência da República.
Nos últimos meses, ela e o presidente Lula foram vítimas de perseguições e experimentaram na pele grandes injustiças.
Imagino que a dor de Lula agora é insuportável. Mas tenho certeza que ele saberá superar este momento difícil, recebendo de todos nós, seus companheiros e admiradores, e do povo brasileiro, muitas preces e orações, repletas de carinho e solidariedade.
Estamos juntos, presidente Lula, agora e sempre.
Dilma Rousseff”
Curta e divulgue a fan page do Blog da Dilma no Facebook:

Comentários