Dilma: 'As mulheres sabem que a democracia é o lado certo da história'

Segundo a ex-presidenta, governo Temer vem desarticulando e fragilizando políticas de proteção às mulheres
por Redação RBA
Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a ex-presidenta Dilma alertou para os desmontes promovidos pelo governo de Michel Temer (PMDB) das políticas voltadas para a equidade de gênero, que colocam em risco as conquistas nos últimos anos. Em vídeo publicado em seu site oficial e nas redes sociais nesta quarta-feira (8), Dilma afirmou que as mulheres não têm nada de frágil. "Todos os nossos avanços foram conquistados com esforço, coragem e determinação. As mulheres sabem, a democracia é o lado certo da história."
Segundo ela, o governo Temer vem desarticulando e fragilizando políticas de proteção, como a Casa da Mulher Brasileira, o programa Mulher Viver Sem Violência e o Disque 180, além de programas sociais como o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida, que beneficiam prioritariamente as mulheres e suas famílias.
A reforma da Previdência também ameaça o direito das mulheres. "Esse governo golpista não reconhece a função social da maternidade, da amamentação e do trabalho que a mulher desempenha, todas essas questões previstas na Constituição de 1988. Querem obriga-las a recolher 49 anos de contribuição previdenciária, uma visão extremamente perversa que exige que a mulher comece a trabalhar com 16 anos para receber integralmente a aposentadoria, que desconhece que ela cumpre pelo menos três jornadas de trabalho", afirmou.
Por fim, Dilma conclama as mulheres a resistir: "Apesar de todos esses ataques, tenho certeza, resistiremos com todas as nossas energias para defender a democracia e impedir a redução das liberdades e dos direitos individuais e coletivos do povo brasileiro".
Curta e divulgue a fan page do Blog da Dilma: Blog da Dilma no Facebook: https://www.facebook.com/BlogDilmaRousseff

Comentários