Dilma: é ‘fundamental’ garantir que Lula seja candidato em 2018

A ex-presidente Dilma Rousseff afirmou neste sábado que o maior objetivo político no Brasil neste momento é garantir que o ex-presidente Lula possa ser candidato nas eleições de 2018.
“Assegurar que Lula seja candidato é fundamental”, disse Dilma em Genebra, onde participou do Festival Internacional de Filmes de Direitos Humanos.
Lula, que é réu em cinco ações penais, três delas da Operação Lava Jato, é o favorito para as eleições do ano que vem, segundo pesquisas de intenção de voto.
Dilma afirmou que Lula atravessou um período no qual todos os meios de comunicação estavam contra ele, mas que, apesar de tudo que fizeram contra o ex-presidente, “ele é o primeiro nas pesquisas”.
Dilma declarou, ainda, que não quer voltar a disputar a presidência, mas que não descarta aspirar a um cargo de deputada ou senadora.
“De agora até 2018, quero assegurar que o Brasil tenha um encontro correto com a democracia”, disse.
Citada na delação premiada da Odebrecht, Dilma negou ter recebido propina da construtora ou de outras empresas em suas campanhas.
“Nunca pedi propinas, nunca recebi propinas, e, de fato, nunca falei com todos aqueles que agora estão sendo investigados ou presos por terem pago propinas”, afirmou. Fonte: AFP.

Comentários