Procurador quer censurar o Lula!

Caravana visita Passo Fundo na sexta-feira
Além da tentativa de agressão por ruralistas (leia no Conversa Afiada: quem são os maragatos que protestaram contra Lula), a caravana do presidente Lula no Rio Grande do Sul, agora, enfrenta outro obstáculo: um procurador do Ministério Público Federal em Passo Fundo quer incriminar o reitor da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) por improbidade administrativa.
No caso, a infração seria permitir a realização do ato em defesa de Lula e da Democracia dentro da universidade.
Em tempo: não é o primeiro ataque do MPF a Lula este ano no Rio Grande do Sul. No fim de dezembro, a Justiça tentou impedir um ato a favor do presidente em Porto Alegre, que aconteceria em 24/I.

Comentários