Dilma e o PT também denunciam: Globo está junto com o golpe militar

A presidenta deposta pelo golpe de Estado, Dilma Rousseff, bem como o Partido dos Trabalhadores, por meio de uma nota, denunciaram o papel nefasto de Rede Globo para um regime político minimamente democrático. Diante da crise política atual a Rede Globo lança mão de uma velha formula, a ditadura militar e já ameaça, incita e conspira, junto aos chefes militares, para o seu  estabelecimento, tal como fizeram em 1964.
Na véspera do julgamento do HC do ex-presidente Lula, no dia 03 de abril, O Jornal Nacional dedicou-se a atacar o ex-presidente e defender que caso o STF venha a conceder o habeas corpus, como é sua obrigação legal, a Lula, o STF enterraria país na “corrupção” e “impunidade”, o que exigiria por parte dos cidadão de bem a defesa de medidas drásticas para “moralizar” o país, ou seja, os militares. Utilizando-se do ultimato do comandante do Exército, o General Villas Boas, que nas redes sociais procurou pressionar o STF a não conceder o HC a Lula, A Globo ameaça: ou prendam Lula, para podermos avançar o golpe ou vamos incitar a organizar a ditadura abertamente.
Diante do fota gravíssimo, a presidenta Dilma se expressou na rede social e afirmou: “Não podemos destruir em definitivo a frágil democracia que ainda nos resta. É preciso que todos tenham responsabilidade e respeitem a Constituição e a presunção de inocência. É inaceitável que a Globo insista em repetir o passado e como vivandeira incite ao golpe”.
O PT afirma em nota que: A Globo quer repetir o que fez em 1964, quando incitou chefes militares contra o governo constitucional de João Goulart. E o faz agora para pressionar o Supremo. A Globo tem sido historicamente um veneno à democracia.
A sórdida campanha da Globo procura contrapor o dever constitucional do STF em conceder o HC a Lula aos interesses da burguesia golpista, subvertendo a ordem, a campanha vil da Globo quer apregoar que o respeito a Constituição significa depravação das Instituições, e por isso apoiaram todas as medidas antidemocráticas inconstitucionais do STF,  e que o moral e o Ético é a destruição da Constituição para atender os interesses dos golpistas. Para tanto, utilizando-se do Exército brasileiro, ameaçando e incitando o estabelecimento de uma nova ditadura militar que atenda seus interesses e sirva para resolver pela força a crise política nacional, caso o STF venha cumprir a lei agora.
A rede Globo é uma organização criminosa, ameaçar a República de uma ditadura é uma grave crime contra o povo brasileiro. O  STF está sendo pressionado para não cumpri a lei e enterrar de vez a Constituição da República. Ou seja, de todo modo a Globo pressiona para a constituição de um regime autoritário, ditatorial país.
Um regime minimamente democrático não pode conviver com organização criminosa, cuja a função é conspirar contra os interesses do povo brasileiro em defesa dos tubarões imperialistas. É necessário acabar com essa agência do capital estrangeiro em território nacional. Fonte: Causa Operária. 

Comentários